Emiliano Perneta, Enói Renée Navarro Swain e Adalto de Araújo revisitados no Jubileu de Diamante da Academia de Letras José de Alencar (e mais abaixo, ainda neste mesmo espaço: TROFÉU IMPRENSA BRASIL 2014)

Crônica de Francisco Souto Neto para o Jornal Centro Cívico

Para publicação em Dezembro de 2014

Digitalizar3218

Francisco Souto Neto

Emiliano Perneta, Enói Renée Navarro Swain e Adalto de Araújo revisitados no Jubileu de Diamante da Academia de Letras José de Alencar

Em Curitiba todos conhecem a Rua Emiliano Perneta, mas poucos sabem que essa via pública homenageia aquele que em 1911, numa festa no Passeio Público, foi aclamado “o príncipe dos poetas paranaenses”. Nascido em 1866 e considerado o maior poeta do Paraná em seu tempo, começou influenciado pelo Parnasianismo, mas foi um dos precursores do Simbolismo. Fez sucesso em São Paulo e no Rio, onde residiu, como jornalista e poeta. Abolicionista, proferiu palestras em defesa dos ideais libertários. Publicava artigos políticos e literários, e foi um grande divulgador, em Curitiba, do poeta francês Baudelaire. Nesta Capital, em 1912 foi um dos fundadores do Centro de Letras do Paraná. Falecido em 1921, ele é o patrono da cadeira nº 26 da Academia de Letras José de Alencar. 

Adalto Gambassi de Araújo foi o primeiro ocupante da cadeira 26 da Academia de Letras acima mencionada. Ele tem uma histórica que se liga à minha família. Nascido em Ponta Grossa em 1922, era filho de Adalberto Carvalho de Araújo. Seu pai, Adalberto, e meu pai, Arary Souto, ambos jornalistas, entre as décadas de 40 e 50 foram pares de diretoria no Jornal do Paraná, então o diário mais importante da cidade. O pai de Adalto era o diretor superintendente, e meu pai, Arary, o diretor de redação. Em 1952 Adalto de Araújo lançou o livro de poemas “Cântico para o século XX”, inovador e revolucionário em termos literários. Meu pai publicou no jornal um elogio a esse livro e daí surgiu a ideia de oferecer a Adalto uma página dupla, literária, nas edições dominicais, que foi a primeira do gênero em Ponta Grossa. E tem mais: Adalto era irmão da crítica de arte Adalice Araújo, que escrevia aos domingos na Gazeta do Povo. A saudosa Adalice, portanto irmã de Adalto, foi minha querida e grande amiga, falecida em 2012, e inúmeros dos nossos contatos estão perpetuados na imprensa, e agora também na web.

 Enói Renée Navarro Swain, escritora, jornalista e pedagoga, nascida em 1920, dedicou-se ao ensino. Sobre seus livros, escreveu Helena Kolody: “são livros de mãe e de mestra – de mãe que acompanhou, vivendo com amor a infância dos filhos; de mestra possuidora de larga visão pedagógica e seguro conhecimento da psicologia infantil”. Enói Renée lia Shakespeare para as filhas desde que elas eram pequenas. Bonecas não eram presentes comuns, e sim, cubos mágicos e brinquedos fantásticos que aguçassem a criatividade das meninas. Membro da Academia de Letras José de Alencar, ocupou a cadeira 26 e faleceu em 2009.

 É a esses grandes escritores que tenho a honra de suceder desde a noite de 27 de novembro de 2014, quando passei a ocupar a cadeira patronímica nº 26 da Academia de Letras José de Alencar, que naquela ocasião elegeu sua nova diretoria em comemoração ao Jubileu de Diamante – 75 anos da fundação – daquela casa de cultura. Foram admitidos seis novos associados efetivos: Adriano Pires Ribas, Charyana Gamballe Correia, Claudinei Roncolatto, Estela Carmem Pereira Sandrini (Teca Sandrini), Iza Zilli e e Regina Celi Simões Ângelo. Quatro acadêmicos foram elevados a titulares, assumindo cadeiras patronímicas: Luislinda Dias de Valois-Santos na Cadeira 6, Hamilton Bonat na Cadeira 19, Lilian Deise de Andrade Guinski na cadeira 23, e eu, Francisco Souto Neto, na Cadeira 26.

 Ao mesmo tempo tomou posse a diretoria para o próximo biênio, que ficou assim constituída: Anita Zippin (presidenta), Arioswaldo Trancoso Cruz (vice-presidente), Celso de Macedo Portugal (1º secretário), Francisco Souto Neto (2º secretário), Janske Niemann Schlenker (1ª tesoureira), Nylzamira Cunha Bejes (2ª tesoureira), Hamilton Bonat (diretor de relações públicas), João Carlos Cascaes (diretor de comunicações), Tânia Rosa Ferreira Cascaes (diretora sócio-cultural); Joatan Marcos de Carvalho (1º orador) e José Wanderlei Resende (2º orador), um grupo coeso e irmanado em prol da cultura e das letras, pela grandeza do Paraná.

(Francisco Souto Neto – Dezembro de 2014)

-o-

No dia 27 de novembro de 2014, realizou-se sessão magna da Academia de Letras José de Alencar, a quarta no Palacete dos Leões, quando quatro associados passaram a titulares, ocupando cadeiras patronímicas: Luislinda Dias de Valois-Santos na cadeira nº 6, Hamilton Bonat na cadeira nº 19, Lilian Deise de Andrade Guinski na cadeira nº 23 e Francisco Souto Neto na cadeira nª 26. Foram também admitidos os novos sócios titulares: Adriano Pires Ribas, Charyana Gamballe Correia, Claudinei Roncolatto, Estela Carmem Pereira Sandrini (Teca Sandrini), Iza Zilli e a sócia-correspondente Regina Celi Simões Ângelo. Em seguida, um coquetel comemorou o Jubileu de Diamante da Academia (75 anos de fundação). 

Ao mesmo tempo tomou posse a diretoria para o próximo biênio, que ficou assim constituída: Anita Zippin (presidenta), Arioswaldo Trancoso Cruz (vice-presidente), Celso de Macedo Portugal (1º secretário), Francisco Souto Neto (2º secretário), Janske Niemann Schlenker (1ª tesoureira), Nylzamira Cunha Bejes (2ª tesoureira), Hamilton Bonat (diretor de relações públicas), João Carlos Cascaes (diretor de comunicações), Tânia Rosa Ferreira Cascaes (diretora sócio-cultural); Joatan Marcos de Carvalho (1º orador) e José Wanderlei Resende (2º orador). Adiante encontra-se a íntegra do discurso de Francisco Souto Neto e fotografias registram a festividade.

No discurso de Francisco Souto Neto, o elogio ao patrono e aos seus antecessores na cadeira nª 26:

-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-

Aqui, entre as duas fotos abaixo, você assiste e ouve ao discurso de cinco minutos de Francisco Souto Neto ao assumir a Cadeira Patronímica nº 26 da Academia de Letras em 27.11.2014:

010

https://www.youtube.com/watch?v=zdzYcCf96Do

004

Francisco Souto Neto

-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-

Eméritos Sr. Presidente e Srª Vice-presidente,

 Prezados confreiras e confrades,

 Autoridades presentes,

 Srªs e Srs. Convidados.

 

É o impossível, pois, que eu amo, unicamente,

A névoa que fugiu, a forma evanescente,

A sombra que se foi tal qual uma visão…

 

E por isso também, por isso é que eu suponho

Que a vida, em suma, é um grande e extravagante Sonho,

E a Beleza não é mais do que uma Ilusão!

 

São versos de EMILIANO PERNETA, conhecido como Príncipe dos Poetas Paranaenses, o principal representante do Simbolismo no Paraná. Ele é o patrono da cadeira nº 26 nesta Academia de Letras José de Alencar, que a partir de hoje tenho a honra de passar a ocupar. Ao mesmo tempo agradeço ao presidente Arioswaldo Trancoso Cruz, à vice Anita Zippin e a TODOS os demais acadêmicos que tão fraternal e calorosamente me acolheram nesta egrégia Casa de cultura.

 Meus dois antecessores na cadeira patronímica 26 foram Enói Renée Navarro Swain e Adalto Gambassi de Araújo.

 Enói Renée, escritora, jornalista e pedagoga, dedicou-se ao ensino. Sobre seus livros, escreveu Helena Kolody: “são livros de mãe e de mestra – de mãe que acompanhou, vivendo com amor a infância dos filhos; de mestra possuidora de larga visão pedagógica e seguro conhecimento da psicologia infantil”. Nascida em 1920 em Cerro Azul, sempre morou em Curitiba. Enói Renée lia Shakespeare para as filhas desde que elas eram pequenas. Bonecas não eram presentes comuns, e sim, cubos mágicos e brinquedos fantásticos que aguçassem a criatividade das meninas. Faleceu em 2009 e é ainda lembrada com saudade e carinho pelos seus amigos desta Academia.

 Adalto de Araújo, primeiro ocupante da cadeira 26, tem uma história que se liga à minha família. Ele nasceu em Ponta Grossa em 1922 e era filho de Adalberto Carvalho de Araújo. Seu pai, Adalberto, e meu pai, Arary Souto, ambos jornalistas, entre as décadas de 40 e 50 foram pares de diretoria no Jornal do Paraná, o diário mais importante da cidade. O pai de Adalto era o diretor superintendente, e meu pai, Arary, o diretor de redação. Em 1952 Adalto de Araújo lançou o livro de poemas “Cântico para o século XX”, inovador e revolucionário em termos literários. Meu pai publicou no jornal um elogio a este livro e daí surgiu a ideia de oferecer a Adalto uma página dupla, literária, nas edições dominicais, que foi a primeira do gênero em Ponta Grossa. E tem mais: Adalto era irmão da crítica de arte Adalice Araújo, certamente conhecida por todos os presentes, que escrevia aos domingos na Gazeta do Povo. A saudosa Adalice, portanto irmã de Adalto, foi minha querida e grande amiga, falecida em 2012, e inúmeros dos nossos contatos estão perpetuados na imprensa, e agora também na web.

 Tudo isto gravita ao redor de Adalto de Araújo. Mais uma demonstração, minha querida amiga e madrinha Anita Zippin, de que há uma mecânica misteriosa, incompreensível, como uma espécie de mandala cósmica, alinhavando as nossas vidas que, neste instante presente, aqui na Academia de Letras José de Alencar, faz uma ponte indelével com a minha infância.

 Ao concluir, vou ler uma pequena poesia bem-humorada do visionário Adalto de Araújo, escrita na década de 40. Ele certamente tinha assistido ao filme Metropolis, do diretor Fritz Lang, um dos expoentes do neo-expressionismo alemão, quando pela primeira vez no cinema concebeu-se a visão de um robô. Em sua poesia, Adalto incorpora o “homem-máquina”, e seu título é “Fala o Sr. Robott”:

 FALA O SR. ROBBOT

 

É bom que eu diga, enfim, sem mais tardança,

Para evitar mais confusões, senhores,

O meu corpo, que pasmem os doutores,

É um Robbot que em suas peças dança.

 

Meus membros são de ferro incorruptível

E se articulam com peças estranhas,

E tenho em meu tronco, em vez de entranhas,

Um perfeito motor ultra-sensível.

 

Apanho as ondas com o meu radar…

Gravo o que ouço com fios! Meus olhos são

Células fotoelétricas e o coração

As correntes controla em seu pulsar.

 

Ouço à distância mais do que um vidente…

Capto até a harmonia dos espaços

E se quiser voar, estendo os braços

E vou brincar co’as nuvens – doidamente.

-o-

FOTOGRAFIAS DAS SOLENIDADES E DO COQUETEL:

Convite para a solenidade:

Digitalizar3206

*

FOTO 1:

ALJA-2014-cascaes-003

Os convidados vão chegando ao Palacete dos Leões para a solenidade. Em primeiro plano, Teca Sandrini com sua filha. Ao fundo, à direita, Yara Cruz e Janske Niemann Schlenker. Atrás de Teca Sandrini, estão Claudinei Roncolatto e esposa. Atrás, Francisco Souto Neto conversa com Rubens Faria Gonçalves e Isabelle Aguilar. (Foto João Carlos Cascaes)

*

FOTO 2:

ALJA-2014-cascaes-002

Os convidados continuam chegando. Iza Zilli (de preto) conversa com Teca Sandrini, Anita Zippin (de costas) fala com Dione Mara Souto da Rosa. À extrema direita, Charyana Gamballe Correia vê sua mãe (entre Iza e Anita). Ao fundo, Isabelle Aguilar e Rubens Faria Gonçalves observam o movimento. (Foto João Carlos Cascaes)

*

FOTO 3

ALJA-2014-vanessa-02

Tânia Rosa Ferreira Cascaes e Francisco Souto Neto. (Foto Waldo Rafael)

*

FOTO 4:

???????????????????????????????

Charyana Gamballe Correia e Francisco Souto Neto. (Foto Waldo Rafael)

*

FOTO 5:

ALJA-2014-vanessa-03

Celso de Macedo Portugal. À esquerda, Nylzamira Cunha Bejes. (Foto Vanessa Malucelli Andersen)

*

FOTO 6:

ALJA-2014-cascaes-001

À esquerda, Francisco Souto Neto e à direita Hamilton Bonat. De costas, Luislinda Dias de Valois-Santos e Tânia Rosa Ferreira Cascaes. De frente, Arioswaldo Trancoso Cruz (um pouco encoberto por Luislinda) e Anita Zippin. (Foto João Carlos Cascaes)

 

*

FOTO 7:

ALJA-2014-waldorafael-02

Francisco Souto Neto, Lélia Brown, Luislinda Dias de Valois-Santos, Estela Sandrini e Iza Zilli. (Foto Vanessa Malucelli Andersen)

 

*

FOTO 8:

ALJA-2014-cascaes-004

João Carlos Cascaes. (Foto Tânia Rosa Ferreira Cascaes)

*

FOTO 9:

ALJA-2014-mesa

As autoridades que compuseram a mesa: Dálio Zippin Filho, Ernani Costa Straube, Arioswaldo Trancoso Cruz, Joatan Marcos de Carvalho e Júpiter Rodrigues. Anita Zippin, na tribuna, fez o protocolo. (Foto João Carlos Cascaes)

*

FOTO 10:

ALJA-2014-vanessa-01

Francisco Souto Neto coloca a toga nos ombros de Iza Zilli, nova sócia-efetiva. (Foto Vanessa Malucelli Andersen)

*

FOTO 11:

ALJA-2014-cascaes-007

Francisco Souto Neto coloca a toga nos ombros de Iza Zilli, nova sócia-efetiva. (Foto João Carlos Cascaes)

*

FOTO 12:

ALJA-2014-cascaes-008

Francisco Souto Neto dá um laço nos galões prateados de Iza Zilli. (Foto João Carlos Cascaes)

*

FOTO 13:

ALJA-2014-cascaes-010

Dálio Zippin Filho e Diana Zippin colocam a toga nos ombros de Luislinda Dias de Valois-Santos. (Foto João Carlos Cascaes)

*

FOTO 14:

ALJA-2014-luislinda

Discurso de Luislinda de Valois ao assumir a cadeira patronímica nº 6. (Foto João Carlos Cascaes)

*

FOTO 15:

ALJA-2014-deise

Discurso de Lilian Deise de Andrade Guinski ao assumir a cadeira patronímica nº 23(Foto João Carlos Cascaes)

*

FOTO 16:

ALJA-2014-bonat

Discurso de Hamilton Bonat ao assumir a cadeira patronímica nº 19. (Foto João Carlos Cascaes)

*

FOTO 17

ALJA-2014-03

Dione Mara Souto da Rosa (de costas) aproxima-se para colocar a toga nos ombros de seu tio Francisco Souto Neto, elevado a sócio-efetivo. (Foto Rubens Faria Gonçalves)

*

FOTO 18:

ALJA-2014-05

Dione Mara Souto da Rosa colocando a toga em seu tio Francisco Souto Neto. (Foto Rubens Faria Gonçalves)

*

FOTO 19:

ALJA-2014-04

Dione Mara Souto da Rosa dando um laço nos galões dourados do seu tio Francisco Souto Neto, observados por Anita Zippin na tribuna. (Foto João Carlos Cascaes)

*

FOTO 20:

ALJA-2014-cascaes-012

Francisco Souto Neto recebe a diplomação das mãos de Joatan Marcos de Carvalho. (Foto João Carlos Cascaes)

*

FOTO 20-A:

Digitalizar3208

Diploma da Academia de Letras José de Alencar, conferindo a Francisco Souto Neto ocupar a Cadeira Patronímica nº 26.

*

FOTO 21:

ALJA-2014-06

Anita Zippin convida Francisco Souto Neto a proferir o seu discurso. (Foto Rubens Faria Gonçalves)

FOTO 22:

ALJA-2014-07

Francisco Souto Neto inicia seu discurso, nesta foto observado por Claudinei Roncolatto, Charyana Gamballe Correia e Iza Zilli. (Foto Rubens Faria Gonçalves)

*

FOTO 23:

012

O discurso de Francisco Souto Neto ao assumir a cadeira patronímica nº 26, de elogio aos seus antecessores e ao patrono Emiliano Perneta, poderá ser ouvido na íntegra no endereço abaixo, do YouTube. (Foto João Carlos Cascaes)

*

ABAIXO, O LINK DO YOUTUBE COM O DISCURSO DE FRANCISCO SOUTO NETO, DE ELOGIO A SEUS ANTECESSORES, AO PASSAR A OCUPAR A CADEIRA PATRONÍMICA Nº 26 DA ACADEMIA DE LETRAS JOSÉ DE ALENCAR:

*

FOTO 24:

ALJA-2014-14

Durante o coquetel, Estela Carmem Pereira Sandrini (Teca Sandrini) e Francisco Souto Neto. (Foto Rubens Faria Gonçalves)

*

FOTO 25:

ALJA-2014-015-01

Durante o coquetel, Francisco Souto Neto e Rubens Faria Gonçalves. (Foto Isabelle Aguilar)

*

FOTO 26

ALJA-2014-09

Durante o coquetel, Francisco Souto Neto entre Vanessa Malucelli Andersen e Iza Zilli. (Foto Rubens Faria Gonçalves)

*

FOTO 27:

ALJA-2014-11

Durante o coquetel, Francisco Souto Neto entre Isabelle Aguilar e Dione Mara Souto da Rosa. (Foto Rubens Faria Gonçalves)

*

FOTO 28:

ALJA-2014-10

Durante o coquetel, Luislinda de Valois e Francisco Souto Neto. (Foto Rubens Faria Gonçalves)

*

FOTO 29:

ALJA-2014-013-01

Durante o coquetel, detalhe da foto de Francisco Souto Neto e Iza Zilli. (Foto Rubens Faria Gonçalves)

*

FOTO 30:

ALJA-2014-cascaes-014

Uma das mesas preparadas pela empresa Pan em Casa, de Ariadne Zippin, vista na foto acima. (Foto João Carlos Cascaes)

*

FOTO 31:

ALJA-2014-cascaes-015

Grande movimento dos convidados no salão de festas. (Foto João Carlos Cascaes)

*

FOTO 32:

ALJA-2014-16

Ao final das sonelidades e do coquetel, Francisco Souto Neto e Dione Mara Souto da Rosa aparecem no alto da escadaria do Palacete dos Leões, enquanto Isabelle Aguilar permanece na metade da escada, em primeiro plano. (Foto Rubens Faria Gonçalves)

*

FOTO 33:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Concluindo, para registrar momento de Anita Zippin, agora presidenta da Academia de Letras José de Alencar. (Foto de Geraldo Fuchs)

 *

Fim das fotos da Academia de Letras.

Adiante, algumas notícias publicadas em jornais:

Digitalizar3207

Acima, notícia publicada no CORREIO PARANAENSE de 28.11.2014, página 48.

*

Digitalizar3209

Acima, nota publicada por Wilson de Araújo Bueno em sua coluna de 29.11.2014 da Gazeta do Povo.

*

Digitalizar3219

Acima, ampla notícia da sessão solene da Academia, por Iza Zilli, em sua coluna de 3.12.2014 às páginas 17 do jornal BEMPARANÁ.

Notícias publicadas em blogs:

http://www.blogizazilli.com/index.php/destaques/conexao-cultura-iza-zilli

http://www.blogizazilli.com/index.php/destaques/vanessa-social-60

http://jornalenoticias.com.br/ruy/?p=168065

http://www.bemparana.com.br/impresso/2014/12/03/#/17/zoomed

http://leitequenteenews.blogspot.com.br/search?updated-max=2014-12-04T07:00:00-02:00&max-results=20&start=35&by-date=false

FIM

-o-

TROFÉU IMPRENSA BRASIL 2014

 No dia 8 de dezembro de 2014 ocorreu um fato que nada tem a ver com a cerimônia acima relatada, mas como ocorreu apenas 11 dias após aquela, será comentada aqui neste espaço, e algumas fotografias ilustrarão este texto. 

É que Francisco Souto Neto foi homenageado com o TROFÉU IMPRENSA BRASIL 2014 por Carlos Queiroz Maranhão, devido a seu trabalho como jornalista desde a década de 70, com colunas em jornais e revistas, culminando com as crônicas que vem publicando no Jornal Centro Cívico há sete anos. A entrega dos troféus deu-se no Restaurante Madalosso.

As fotografias de nª 34 ao nº 52 foram tiradas com a câmera de Rubens Faria Gonçalves. As de nº 53 a 57 são as oficiais do evento, feitas pela equipe de Carlos Maranhão (Fotos Studio Karam). As de nº 58 a 62 foram tiradas pelo próprio Francisco Souto Neto no dia seguinte, em casa, com câmera automática.

FOTO 34:

trofeu-impr-2014-001

Dione Mara Souto da Rosa e Isabelle Aguilar com Francisco Souto Neto.

*

FOTO 35:

trofeu-impr-2014-004

Francisco Souto Neto entre seus convidados Anita Zippin e o marido Geraldo Fuchs.

*

FOTO 36

trofeu-impr-2014-007

Francisco Souto Neto e seu convidado Rubens Faria Gonçalves.

*

FOTO 37:

trofeu-impr-2014-003

Francisco Souto Neto entre seus convidados para a cerimônia do recebimento do TROFÉU IMPRENSA BRASIL 2014.

*

FOTO 38:

trofeu-impr-2014-005

Anita Zippin, Rubens Faria Gonçalves e Geraldo Fuchs.

*

FOTO 39:

trofeu-impr-2014-006

Francisco Souto Neto entre suas convidadas (sobrinhas) Dione Mara Souto da Rosa e Isabelle Aguilar.

*

FOTO 40:

009

A chegada de Lylian Vargas (que também recebeu o troféu) e seus familiares.

*

FOTO 41:

trofeu-impr-2014-009

Pouco antes do recebimento do prêmio.

*

FOTO 42:

trofeu-impr-2014-010

Francisco Souto Neto momentos antes do recebimento do prêmio.

*

FOTO 43:

trofeu-impr-2014-012

Carlos Queiroz Maranhão, o jornalista responsável pelo Troféu Imprensa, com Francisco Souto Neto.

*

FOTO 44:

trofeu-impr-2014-013

Francisco Souto Neto recebe o TROFÉU IMPRENSA BRASIL 2014 das mãos de Carlos Queiroz Maranhão.

*

FOTO 45:

trofeu-impr-2014-014

Francisco Souto Neto recebe o TROFÉU IMPRENSA BRASIL 2014 das mãos de Carlos Queiroz Maranhão.

*

FOTO 46:

trofeu-impr-2014-015

Francisco Souto Neto retorna à sua mesa com o TROFÉU IMPRENSA BRASIL 2014.

*

FOTO 47:

trofeu-impr-2014-018

Lylian Vargas (que também recebeu o prêmio TROFÉU IMPRENSA BRASIL 2014) posando com Francisco Souto Neto.

*

FOTO 48:

trofeu-impr-2014-017

Lylian Betty Tamplin Vargas e Francisco Souto Neto foram pares de diretoria da Sociedade de Amigos dos Museus de Curitiba no começo da década de 90, ela na presidência e ele como diretor-secretário.

*

FOTO 49:

trofeu-impr-2014-020

Francisco Souto Neto com o seu TROFÉU IMPRENSA BRASIL 2014, entre as sobrinhas Isabelle Aguilar e Dione Mara Souto da Rosa.

*

FOTO 50:

trofeu-impr-2014-022

Souto com seus convidados, prestes a deixar o restaurante.

*

FOTO 51:

trofeu-impr-2014-024

Fora do restaurante, Rubens e Souto.

*

FOTO 52:

trofeu-impr-2014-021

Fora do restaurante, Mara e Isabelle.

*

FOTO 53:

trofeu-impr-2014-maranhao-02

Foto Studio Karam: mesa de Francisco Souto Neto com seus convidados: Anita Zippin e Geraldo Fuchs, Dione Mara Souto da Rosa e filha Isabelle Edith Aguilar da Rosa, e Rubens Faria Gonçalves.

*

FOTO 54:

trofeu-impr-2014-maranhao-04

Foto Studio Karam: ao retornar à sua mesa, logo após receber o Troféu Imprensa, Lylian Vargas é cumprimentada por Anita Zippin.

*

FOTO 55:

trofeu-impr-2014-maranhao-03

Foto Studio Karam: ao dirigir-se para receber o Troféu Imprensa, o jornalista Mário Celso se detém por um instante para cumprimentar Anita Zippin.

*

FOTO 56:

trofeu-impr-2014-maranhao-05

Foto Studio Karam: Carlos Queiroz Maranhão entrega o Troféu Imprensa a Francisco Souto Neto.

*

FOTO 57:

trofeu-impr-2014-maranhao-01

Foto Studio Karam: após o jantar, Carlos Queiroz Maranhão entrevista Francisco Souto Neto.

*

FOTO 58:

trofeu-impr-2014-em_casa-1No dia seguinte, em casa, segurando seu chihuahua Paco Ramirez, Francisco Souto Neto com o troféu em 1º plano, sobre a mesa.

*

FOTO 59:

trofeu-impr-2014-maranhao-07

O Troféu Imprensa sobre o piano, em frente à escultura de Palas Atena, para ser fotografado com mais detalhes.

*

FOTO 60:

trofeu-impr-2014-em_casa-2

No dia seguinte, em casa, Francisco Souto Neto com o diploma do TROFÉU IMPRENSA BRASIL 2014.

*

FOTO 61:

029

O diploma do Troféu Imprensa em cartolina de grandes dimensões (33cm x 48cm).

*

FOTO 62:

em-1014-eu-01

Além do troféu propriamente dito, e do diploma, Carlos Queiroz Maranhão entregou um presente personalizado a Francisco Souto Neto (e aos demais homenageados) que consiste numa placa de vidro, uma espécie de alegoria na qual se lê: “EM 2014 EU SOU TROFÉU IMPRENSA DO BRASIL – FRANCISCO SOUTO NETO”.

FIM

Anúncios

Sobre franciscosoutoneto

O comendador Francisco Souto Neto trabalhou no extinto Banco do Estado do Paraná S.A. até aposentar-se, onde exerceu as funções de inspetor, assessor da diretoria, da presidência e para assuntos de cultura. Filho do jornalista e radialista Arary Souto (1908-1963) e Edith Barbosa Souto (1911-1997), é advogado, jornalista e crítico de arte, com colunas em jornais e revistas desde os anos 70. Tem integrado diretorias e conselhos consultivos e administrativos de diversas entidades, sobretudo de órgãos oficiais ligados à cultura paranaense. Foi-lhe outorgado o título de Comendador pela Associação Brasileira de Liderança (São Paulo). Recebeu o "Troféu Imprensa do Brasil 2014" e também o "Prêmio Excelência e Qualidade Brasil 2015" na área da Cultura, como “Destaque entre os melhores do Brasil”. Em novembro de 2016 recebeu mais uma vez o Troféu Imprensa Brasil, seguido do Prêmio Cidade de Curitiba, e ainda do Top of Mind Quality Gold. É membro da Academia de Letras José de Alencar, em Curitiba, onde ocupa a Cadeira Patronímica nº 26.
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Emiliano Perneta, Enói Renée Navarro Swain e Adalto de Araújo revisitados no Jubileu de Diamante da Academia de Letras José de Alencar (e mais abaixo, ainda neste mesmo espaço: TROFÉU IMPRENSA BRASIL 2014)

  1. Dione Rosa disse:

    Querido Padrinho. Eventos fantásticos com muito charme e glamour. Gostei demais em ter participado. Sucesso para você, sempre!

  2. Jurandir Mazza disse:

    Um amigo de tempos distantes, de momentos marcantes de minha meninice…uma pessoa especial que engrandece ainda mais a Academia de Letras José de Alencar, e esta sim merece os parabéns pela brilhante figura humana que trouxe para ocupar a cadeira patronímica de número 26. Me sinto feliz e orgulhoso por você. Grande abraço desse seu amigo “distante”.
    Jurandir Mazza.

    • Jurandir Mazza (Tuco), jovem “velho amigo”, obrigado pela generosidade das suas palavras. A verdade é que seus pais, você e irmãos (incluindo aquele, saudoso, que já não está mais fisicamente entre nós) vivem permanentemente em meu coração. Abraços!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s