Academia de Letras José de Alencar e Espaço Cultural BRDE, uma parceria em nome da cultura

Crônicas de Francisco Souto Neto para o Jornal Centro Cívico

Jornal Centro Cívico – Ano 13 – Edição 118 – Setembro de 2014

Digitalizar3145

 Francisco Souto Neto

Academia de Letras José de Alencar e Espaço Cultural BRDE, uma parceria em nome da cultura

Fundada em 1939 em Curitiba, comemora o seu 75º aniversário a ALJA – Academia de Letras José de Alencar que teve como primeiro nome Associação de Cultura José de Alencar. Funcionou originalmente no Colégio Parthenon, na Rua Comendador Araújo. Seu primeiro presidente foi Luiz Aníbal Calderari. Depois de uma estada por alguns anos na Biblioteca Pública, a entidade passou a usar a estrutura do Centro de Letras do Paraná.

Agora a Academia está instalada em novo endereço, o Palacete dos Leões, graças a contatos preliminares mantidos pelo acadêmico Celso de Macedo Portugal com seu amigo Abel Olivet Filho, alto funcionário do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul, que intercedeu junto a Ana Teresinha Ribeiro Vicente que representa a diretoria de cultura do BRDE e responde pelo Espaço Cultural conhecido como Palacete dos Leões. A proposição da Academia de Letras foi por não apenas usufruir do espaço físico do Palacete nas suas reuniões mensais, mas por manter uma parceria com o BRDE, tendo por objetivo a promoção da cultura.

No dia 2 de julho do ano em curso, Arioswaldo Trancoso Cruz, presidente da ALJA, e sua vice Anita Zippin, fizeram uma visita de cortesia em petit comité ao Palacete dos Leões, acompanhados dos acadêmicos Celso de Macedo Portugal, Hamilton Bonat, Tânia Rosa Ferreira Cascaes e Francisco Souto Neto, para agradecer a Ana Teresinha Ribeiro Vicente e a toda a diretoria do BRDE pela concretização da referida parceria.

            O Palacete dos Leões, um dos mais significativos marcos da história arquitetônica de Curitiba, foi inaugurado em 1902 para servir de residência a Agostinho Ermelino de Leão Júnior. Construído num estilo eclético pelo engenheiro Cândido de Abreu, incorpora tendências de variadas épocas, mas foram as villas e os palazzos italianos que mais o inspiraram. A fachada, acima da escadaria, compõe-se de cinco portas em arco, ladeadas por colunas com capitéis coríntios e entremeadas de pilastras, todas compondo a galeria de entrada que conta com duas pequenas salas em suas extremidades, abrindo-se em seu centro para os dois enormes salões principais. No passado, entretanto, o salão principal era o que se localizava no lado sul, com entrada independente após escada e varanda. Quando, em 1906, o presidente Afonso Pena veio a Curitiba, hospedou-se no Palacete Leão Júnior porque não existia hotel que estivesse à altura do ilustre visitante.

  Leão Júnior morreu em 1907. Sua viúva, Maria Clara de Abreu Leão, passou a comandar os negócios da família, do ramo ervateiro, até à sua morte em 1935. E o palacete foi passando às gerações seguintes da família Leão, até que no final dos anos 70, com a morte de uma das matriarcas, a propriedade foi vendida à IBM, que restaurou magnificamente o palacete para transformá-lo num espaço público para exposições de arte. Assim como acontece com os antigos palácios particulares europeus, que se transformam em museus abertos ao público, o Palacete Leão Júnior foi presenteado à comunidade curitibana.

O BRDE, ao comprar o imóvel, manteve a tradição de abrigar exposições de artes plásticas e promover noites de autógrafos em lançamento de livros nos salões da mansão. Sempre ampliando o seu apoio à cultura, agora dá guarida ­à tradicional e respeitada Academia de Letras José de Alencar, que no dia 20 de agosto de 2014 ali realizou sua primeira reunião formal, que passa a chamar-se “picnic (ou piquenique) cultural” por sugestão da vice-presidente, ao qual compareceram o presidente Arioswaldo Trancoso Cruz, a vice Anita Zippin, os acadêmicos Nylzamira Cunha Bejes, Ariadne Zippin, Dione Mara Souto da Rosa, João Carlos Cascaes, Hamilton Bonat, Celso de Macedo Portugal e Francisco Souto Neto, e o convidado e futuro acadêmico Claudinei Roncolatto.

Espaço Cultural BRDE e Academia de Letras José de Alencar seguem agora lado a lado rumo a um destino que certamente fará História na cultura paranaense.

(Francisco Souto Neto – Agosto de 2014)

-o-

FOTOGRAFIAS QUE DOCUMENTAM O ENCONTRO HISTÓRICO

No dia 2 de julho de 2014, Arioswaldo Trancoso Cruz, presidente da ALJA – Academia de Letras José de Alencar, e sua vice Anita Zippin, fizeram uma visita de cortesia em petit comité ao Palacete dos Leões, acompanhados dos acadêmicos Celso de Macedo Portugal, Hamilton Bonat, Tânia Rosa Ferreira Cascaes e Francisco Souto Neto, para agradecer a Ana Teresinha Ribeiro Vicente e a toda a diretoria do BRDE pela concretização da referida parceria.

(SEMPRE CLIQUE SOBRE A FOTO PARA VÊ-LA EM DETALHES)

DSC06051

FOTO 1

Acima: Francisco Souto Neto, Tânia Rosa Ferreira Cascaes, Anita Zippin e Hamilton Bonat chegando ao Palacete dos Leões (ao fundo) para a visita a Ana Teresinha Ribeiro Vicente, representante da diretoria do BRDE e responsável pelo Espaço Cultural BRDE.

*

DSC06052

FOTO 2

Acima: Hamilton Bonat, Arioswaldo Trancoso Cruz, Anita Zippin e Tânia Rosa Ferreira Cascaes na escadaria de entrada ao Palacete dos Leões.

*

DSC06053

FOTO 3

Acima: Hamilton Bonat, Arioswaldo Trancoso Cruz, Anita Zippin, Celso de Macedo Portugal, Ana Teresinha Ribeiro Vicente e Tânia Rosa Ferreira Cascaes no interior do palacete.

*

DSC06054

FOTO 4

Acima: Ana Teresinha Ribeiro Vicente, Tânia Rosa Ferreira Cascaes e Anita Zippin. À direita, o filho Bruno Ribeiro Vicente e a neta (Vitória) de Ana Teresinha.

*

DSC06060

FOTO 5

Acima: A responsável pelo Espaço Cultural BRDE, Ana Teresinha Ribeiro Vicente, com o presidente da Academia de Letras José de Alencar, Arioswaldo Trancoso Cruz, e a vice-presidente Anita Zippin.

*

DSC06063

FOTO 6

Acima: Ao final da visita ao Palacete dos Leões, a diretoria da Academia de Letras José de Alencar. Arioswaldo Trancoso Cruz, Hamilton Bonat, Celso de Macedo Portugal, Francisco Souto Neto, Tãnia Rosa Ferreira Cascaes.

*

DSC06065

FOTO 7

Acima: Fim da visita de cortesia. Anita Zippin, Celso de Macedo Portugal, Francisco Souto Neto e Tânia Rosa Ferreira Cascaes.

*

========================================================

Adiante, no dia 20 de agosto de 2014 realizou-se o 1º Picnic Cultural (nome que Anita Zippin sugeriu dar às reuniões da ALJA) no Palacete dos Leões. Abaixo, algumas fotografias do evento.

077

FOTO 8

Acima: Ariadne Zippin (Pan em Casa) encarrega-se dos quitutes para serem degustados após a reunião. À direita, o acadêmico João Carlos Cascaes documenta em filme e fotografias o acontecimento.

*

078

FOTO 9

Acima: João Carlos Cascaes preparando suas câmeras, observado por Ariadne Zippin. À direita, Celso de Macedo Portugal.

*

079

FOTO 10

Acima: os acadêmicos Ariadne Zippin e Francisco Souto Neto. Atrás, João Carlos Cascaes regula suas poderosas câmeras.

*

081

FOTO 11

Acima: Durante a reunião: Dione Mara Souto da Rosa e Anita Zippin.

*

085

FOTO 12

Acima: Nylzamira Cunha Bejes, Dione Mara Souto da Rosa e Anita Zippin.

*

086

FOTO 13

Acima: Claudinei Roncolatto, Hamilton Bonat, Arioswaldo Trancoso Cruz.

*

087

FOTO 14

Acima: Ao final da reunião, Celso de Macedo Portugal e Francisco Souto Neto.

*

========================================================

Adiante, a segunda reunião (ou Picnic Cultural) da Academia de Letras José de Alencar no Palacete dos Leões ocorreu no dia 17 de setembro de 2014.

006

FOTO 15

Acima, Arioswaldo Trancoso Cruz e Francisco Souto Neto à esquerda, e Dione Mara Souto da Rosa e Ariadne Zippin à direita.

*

007

FOTO 16

Acima, o lanche Pan em Casa providenciado por Ariadne Zippin.

*

010

FOTO 17

Acima. o presidente Arioswaldo Trancoso Cruz dá início à reunião ao lado da vice Anita Zippin.

*

041

FOTO 17-A

Acima, logo que o presidente abre a sessão, é lida e aprovada a ata da reunião anterior.

*

013

FOTO 18

Acima, os acadêmicos Dione Mara Souto da Rosa, Nylzamira Cunha Bejes e Hamilton Bonat.

*

014

FOTO 19

Acima, o convidado (futuro acadêmico) Adriano Pires Ribas e o presidente Arioswaldo Trancoso Cruz, enquanto este desenvolve os temas da pauta.

*

017

FOTO 20

Acima, ao final da reunião, os acadêmicos Hamilton Bonat, Lílian Guinski, Francisco Souto Neto e Anita Zippin.

*

027

FOTO 21

Acima, ao término da reunião, Dione Mara Souto da Rosa, Francisco Souto Neto e Hamilton Bonat ajudam Anita Zippin, pelas ruas, a levar as sobras dos quitutes para o carro (com algumas pausas para descanso), enquanto foram feitas as descontraídas, felizes e divertidas fotos através dos 150 metros de calçadas… 

*

028

FOTO 22

Acima, ao término da reunião, Dione Mara Souto da Rosa, Francisco Souto Neto e Hamilton Bonat ajudam Anita Zippin, pelas ruas, a levar as sobras dos quitutes para o carro (com algumas pausas para descanso), enquanto foram feitas as descontraídas, felizes e divertidas fotos através dos 150 metros de calçadas… 

*

032

FOTO 23

Acima, ao término da reunião, Dione Mara Souto da Rosa, Francisco Souto Neto e Hamilton Bonat ajudam Anita Zippin, pelas ruas, a levar as sobras dos quitutes para o carro (com algumas pausas para descanso), enquanto foram feitas as descontraídas, felizes e divertidas fotos através dos 150 metros de calçadas… 

*

035

FOTO 24

Acima, ao término da reunião, Dione Mara Souto da Rosa, Francisco Souto Neto e Hamilton Bonat ajudam Anita Zippin, pelas ruas, a levar as sobras dos quitutes para o carro (com algumas pausas para descanso), enquanto foram feitas as descontraídas, felizes e divertidas fotos através dos 150 metros de calçadas… 

*

palacete 001

FOTO 25

Acima, foto por Francisco Souto Neto: o Palacete dos Leões.

*

palacete 002

FOTO 26

Acima, foto por Francisco Souto Neto: detalhe do interior do Palacete dos Leões.

*

palacete 005

FOTO 27

Acima, foto por Francisco Souto Neto: detalhe do teto do Palacete dos Leões.

*

palacete 011

FOTO 28

Acima, foto por Francisco Souto Neto: detalhe do teto do Palacete dos Leões.

*

palacete 007

FOTO 29

Acima, foto por Francisco Souto Neto: sobre a lareira, retratos do casal Agostinho Ermelino de Leão Júnior e Maria Clara de Abreu Leão.

*

palacete 012

FOTO 30

Acima, foto por Rubens Faria Gonçalves: Francisco Souto Neto na penúltima sacada do Palacete dos Leões.

*

palacete 009

FOTO 31

Acima, foto por Francisco Souto Neto: detalhes da fachada lateral Palacete dos Leões.

*

palacete 008

FOTO 32

Acima, foto por Francisco Souto Neto: fachada do Palacete dos Leões

(SEMPRE CLIQUE SOBRE A FOTO PARA VÊ-LA EM DETALHES)

-o-

========================================================

No dia 15 de outubro de 2014, Arioswaldo Trancoso Cruz, presidente da ALJA – Academia de Letras José de Alencar, e sua vice Anita Zippin, conduziram a terceira reunião (ou Picnic Cultural) realizada no Palacete dos Leões, cujo principal assunto da pauta foi a preparação para as solenidades da reunião festiva de novembro, com a admissão de novos acadêmicos. Participaram, além do presidente e da vice, os seguintes acadêmicos: Orlando Woczikosky, Janske Niemann Schlenker, Hamilton Bonat, Nylzamira Cunha Bejes e Francisco Souto Neto, e os que ingressarão na Academia no próximo mês: Iza Zilli, Charyana Gamballe Correia, Adriano Pires Ribas e Claudinei Roncolatto. Adiante, mais 15 fotografias tiradas durante a reunião, numeradas de 33 a 47:

001-t

FOTO 33

Acima, em primeiro plano os acadêmicos Hamilton Bonat e Janske Niemann Schlenker. Ao fundo, o futuro acadêmico Adriano Pires Ribas.

*

Digitalizar3073

FOTO 33-A

Acima, logo que o presidente abre a sessão, é lida e aprovada a ata da reunião anterior.

*

006-t

FOTO 34

Acima, o futuro acadêmico Claudinei Roncolatto e a acadêmica Nylzamira Cunha Bejes.

*

013-t

FOTO 35

Acima, torta de uvas oferecido por Geraldo Fuchs, marido da vice-presidente Anita Zippin.

*

014-t

FOTO 36

Acima, torta de maçã oferecida pela vice-presidente Anita Zippin.

*

020-t

FOTO 37

Acima, a futura acadêmica Iza Zilli e a vice-presidente Anita Zippin.

*

022-t

FOTO 38

Acima, Anita Zippin presta uma homenagem ao presidente Arioswaldo Trancoso Cruz.

*

025-t

FOTO 39

Acima, Iza Zilli e Anita Zipin, e a mesa do “Picnic Cultural”.

*

028-t

FOTO 40

Acima: Francisco Souto Neto e os grandes poetas Nylzamira Cunha Bejes, Arioswaldo Trancoso Cruz e Orlando Woczikosky.

*

030-t

FOTO 41

Acima: Charyana Roncolatto, Francisco Souto Neto, Arioswaldo Trancoso Cruz, Orlando Woczikosky e Iza Zilli.

*

032-t

FOTO 42

Acima: Hamilton Bonat, Francisco Souto Neto, Arioswaldo Trancoso Cruz, Orlando Woczikosky, Iza Zilli e Anita Zippin.

*

033-t

FOTO 43

Acima: Francisco Souto Neto e sua afilhada Iza Zilli.

*

036-t

FOTO 44

Acima: Anita Zippin e Charyana Gambelle Correia, com um desenho do presidente Arioswaldo Trancoso Cruz, que será a capa do seu próximo livro de poemas.

*

037-t

FOTO 45

Acima: Anita Zippin e Charyana Gambelle Correia com a reprodução da obra de arte de Arioswaldo Trancoso Cruz, o mesmo que aparece seguido por Nylzamira Cunha Bejes e Orlando Woczikosky.

*

039-t

FOTO 46

Acima: Francisco Souto Neto e Charyana Gambelle Correia.

*

041-t

FOTO 47

Acima: Francisco Souto Neto, Charyana Gambelle Correia e Claudinei Roncolatto

*

========================================================

No dia 27 de novembro de 2014realizou-se a sessão magna da Academia de Letras José de Alencar, a quarta no Palacete dos Leões, quando quatro associados passaram a titulares, ocupando cadeiras patronímicas: Luislinda Dias de Valois-Santos na cadeira nº 6, Hamilton Bonat na cadeira nº 19, Lilian Deise de Andrade Guinski na cadeira nº 23 e Francisco Souto Neto na cadeira nª 26. Foram também admitidos os novos sócios titulares: Adriano Pires Ribas, Charyana Gamballe Correia, Claudinei Roncolatto, Estela Carmem Pereira Sandrini (Teca Sandrini), Iza Zilli e a sócia-correspondente Regina Celi Simões Ângelo. Em seguida, um coquetel comemorou o Jubileu de Diamante da Academia (75 anos de fundação). Onze fotografias registram a festividade:

*

Digitalizar3206

FOTO 48

Embora eu já fosse membro da Academia de Letras José de Alencar, somente a partir de 27.11.2014 passei a ocupar uma cadeira patronímica, a de nº 26. Acima, o convite para a cerimônia realizada no Palacete dos Leões, com ingresso de novos sócios como parte da comemoração do Jubileu de Diamante (75 anos de fundação) da Academia. O patrono da cadeira 26 por mim ocupada é Emiliano Perneta.

*

Digitalizar3208

FOTO 49

Diploma que recebo da Academia de Letras José de Alencar como ocupante da cadeira patronímica nº 26.

*

ALJA-2014-05

FOTO 50

A acadêmica Dione Mara Souto da Rosa, sobrinha de Francisco Souto Neto, coloca-lhe a toga nos ombros.

*

ALJA-2014-04

FOTO 51

Dione Mara Souto da Rosa (de costas) e Francisco Souto Neto.

*

ALJA-2014-07

FOTO 52

Discurso de Francisco Souto Neto.

*

ALJA-2014-10

FOTO 53

Luislinda Dias de Valois-Santos e Francisco Souto Neto.

*

ALJA-2014-15

FOTO 54

Francisco Souto Neto e Rubens Faria Gonçalves.

*

ALJA-2014-11

FOTO 55

Isabelle Aguilar, Francisco Souto Neto e Dione Mara Souto da Rosa.

*

ALJA-2014-12

FOTO 56

Estela Carmem Pereira Sandrini (Teca Sandrini) e Francisco Souto Neto.

*

ALJA-2014-09

FOTO 57

Vanessa Malucelli Andersen, Francisco Souto Neto e Iza Zilli.

*

ALJA-2014-16

FOTO 58

Foto de Rubens Faria Gonçalves, como todas as outras  50 a 58 (exceto a 51, de João Carlos Cascaes). Palacete dos Leões com iluminação noturna. Acima da escada, Francisco Souto Neto e Dione Souto Rosa. Em primeiro plano, em meio à escada, Isabelle Aguilar.

*

ALJA-2014-vanessa-01FOTO 59

Francisco Souto Neto colocando a toga os ombros de Iza Zilli (foto Vanessa Malucelli Andersen)

*

???????????????????????????????

FOTO 60

Charyana Gamballe Correia e Francisco Souto Neto (foto Waldo Rafael).

*

ALJA-2014-waldorafael-02

FOTO 61

Francisco Souto Neto, Luislinda Dias de Valois-Santos, Lélia Brown, Estela Carmem Pereira Sandrini (Teca Sandrini) e Iza Zilli.

No dia 27 de novembro de 2014, Francisco Souto Neto passou a ocupar a cadeira patronímica nº 26 (cujo patrono é Emiliano Perneta), o que ficou registrado na câmera de João Carlos Cascaes, neste endereço do YouTube:

https://www.youtube.com/watch?v=Fit-Ig1BSMM

 

FIM

Anúncios

Sobre franciscosoutoneto

O comendador Francisco Souto Neto trabalhou no extinto Banco do Estado do Paraná S.A. até aposentar-se, onde exerceu as funções de inspetor, assessor da diretoria, da presidência e para assuntos de cultura. Filho do jornalista e radialista Arary Souto (1908-1963) e Edith Barbosa Souto (1911-1997), é advogado, jornalista e crítico de arte, com colunas em jornais e revistas desde os anos 70. Tem integrado diretorias e conselhos consultivos e administrativos de diversas entidades, sobretudo de órgãos oficiais ligados à cultura paranaense. Foi-lhe outorgado o título de Comendador pela Associação Brasileira de Liderança (São Paulo). Recebeu o "Troféu Imprensa do Brasil 2014" e também o "Prêmio Excelência e Qualidade Brasil 2015" na área da Cultura, como “Destaque entre os melhores do Brasil”. Em novembro de 2016 recebeu mais uma vez o Troféu Imprensa Brasil, seguido do Prêmio Cidade de Curitiba, e ainda do Top of Mind Quality Gold. É membro da Academia de Letras José de Alencar, em Curitiba, onde ocupa a Cadeira Patronímica nº 26.
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

10 respostas para Academia de Letras José de Alencar e Espaço Cultural BRDE, uma parceria em nome da cultura

  1. Meu primo português da cidade de Amarante, Luis Van Zeller De Macedo, leu minha crônica acima e enviou-me uma mensagem através do Facebook, que vou transcrever aqui neste blog. Diz ele:

    “Caro primo,li tudo com muito interesse e retive entre outras a história do Palacete Leão que não me espantaria estivesse ligado à família Leão da cidade do Porto exactamente como a dos Soutos. Os Leões deram entre muitos outros vultos um Bispo do Porto. Tenho vários amigos Leões alguns dos quais aqui no fac. e possuo na minha casa principal em Amarante um livro sobre essa família incluindo os ramos chamados brasileiros”.

    Fiz a transcrição acima. das palavras do meu primo português, para que possa servir a eventuais pesquisas não apenas por parte dos descendentes de Agostinho Ermelino de Leão Júnior, mas também de outros ramos da família Leão estabelecidos aqui em Curitiba ou mesmo em outros pontos do Brasil, que desejem encontram laços que os levem a seus antepassados portugueses.

    • Minha amiga Anita Zippin, vice-presidente da ALJA – Academia de Letras José de Alencar, recebeu um e-mail de Mário Frota, sócio correspodente da Academia em Portugal, que se refere à mensagem do meu primo português Luís Van Zeller de Macedo. Diz o Sr. Mário Frota:

      “Excelente, minha Amiga.
      E o registo do ‘primo português’ reflecte, aliás, as estreitas ligações, nem sempre perceptíveis, entre famílias que circularam por estes espaços comuns, com maior frequência e intensidade do que por vezes se reconhece”.
      Cordial abraço,
      Mário Frota”

  2. Prezado Confrade Francisco Souto Neto, parabéns por mais um belíssimo e importante trabalho jornalístico/histórico/cultural. A nossa ALJA é agora hóspede de um imponente e aprazível sítio histórico da nossa Curitiba, tão bem descrito pelo amigo. Um abraço fraterno. Hamilton Bonat

    • Caro amigo e confrade General Bonat, muito obrigado. Juntos, vamos todos escrever um novo capítulo na história da gloriosa Academia de Letras José de Alencar, tão bem dirigida pelo presidente Prof. Arioswaldo Trancoso Cruz e sua vice Anita Zippin. Um abraço.

  3. anita zippin disse:

    agradeço aos meus confrades, em especial Souto Neto e Hamilton Bonat que ajudam a dar nova luz ao bom caminho até hoje dirigido pelo Professor Arioswaldo Trancoso Cruz. marquemos o momento cultural, ainda mais se pudermos unir a boa sintonia de amizade sincera, a coroar o outono da vida. Saudações Acadêmicas.Anita Zippin

  4. Regina Simões Angelo disse:

    Muito interessante conhecer um pouco da Academia de Letras ” José de Alencar” e seus membros.
    Cultura nunca é demais.

    • Cara Profª Regina Celi Simões Angelo, muito obrigado pela visita ao meu blog. Seja bem-vinda em sua visita à Academia no próximo dia 27, quando confraternizaremos em nossa sessão solene. Será uma grande satisfação conhecê-la pessoalmente. Abraços à srª e a seus familiares.

  5. Maria Bernadette Amazonas disse:

    Sou bibliotecária da Academia Pernambucana de Letras, e pesquiso sobre o academico.S. Fraletti, auto do livro Horas de tédio e solidão, publicado em S.Paulo, 1974

    • Prezada Srª Maria Bernadette Amazonas! Infelizmente não tenho informações a respeito desse senhor S. Fraletti. Entretanto, aqui em Curitiba existe uma senhora chamada Zilda Maria Beltrão Fraletti, que poderá ser encontrada no Facebook, que é proprietária da Galeria de Arte Zilda Fraletti (poderá encontrar como contatá-la buscando informações no Google). Desejo-lhe boa sorte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s